Campanha ’16 Dias de Ativismo’ inicia nesta segunda-feira, 20

Inicia na próxima segunda-feira, 20, a campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”. A iniciativa abrange cerca de 160 países e alude ao Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher e Dia Internacional dos Direitos Humanos. No Amapá, o governo promove a campanha por meio da Secretaria Extraordinária de Políticas para as Mulheres (SEPM), e este ano acontece em parceria com entidades municipais de Mazagão, Macapá, Pracuuba, Santana, Ferreira Gomes, Porto Grande, Laranjal do Jari e Oiapoque, estabelecendo ações para o enfrentamento e erradicação de todas as formas de violência contra as mulheres.

No Dia da Consciência Negra, serão realizadas oficinas, entrega de turbantes e workshop de maquiagem na União dos Negros do Amapá. A programação terá o suporte da Secretaria Extraordinária de Políticas para Afrodescendentes, e apoio da União dos Negros do Amapá.

Já na terça-feira, dia 22, às 15h no Salão Nobre do Palácio do Setentrião, acontece a apresentação da agenda dos 16 Dias de Ativismo, sanção da lei que institui os 16 dias no Estado do Amapá, de autoria da deputada Marília Góes, e o lançamento do protótipo do aplicativo que visa receber denúncias de mulheres que sofrem violência.

“O aplicativo vai compor toda a rede de atendimento à mulher e será possível acompanhar o fluxograma de atendimento da vítima em todas as portas de entrada da rede de atendimento à mulher”, informou a secretária Aline Gurgel.

Caravana Mulher em Movimento

Será lançada também a “Caravana da Mulher em Movimento”, que pretende realizar visitas de técnicas da Secretaria da Mulher, membros do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher e conselhos municipais de mulheres para realização de atendimentos às vítimas de violência, realização de cursos e oficinas, além de serviços de cidadania e saúde.

Corrida da Mulher

No dia 30 de novembro ocorre a corrida “Mulher em Movimento”, que é alusiva ao dia 25 de novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher.

“A corrida foi elaborada como proposta de chamar a atenção da população, de um modo geral, para a importância do tema, visando diminuir os índices de violência em nosso Estado”, disse a secretária de Políticas para Mulheres.

O objetivo da corrida é informar, sensibilizar e mobilizar a população para a problemática da violência contra a mulher, promovendo ações de enfrentamento e prevenção às diversas formas de violência.

As inscrições serão feitas presencialmente ao preço de R$ 30 até o dia 28 de novembro, exclusivamente no prédio da Secretaria Extraordinária de Políticas para as Mulheres, localizado na Rua São José, nº 1570, bairro Centro. O kit conterá uma camisa, squeeze, chip, número de peito e frutas.

A corrida terá 5km de percurso, saindo da Avenida Iracema Carvão Nunes, passando a Rua General Rondon, Avenida Vereador José Tupinambá, Rua Cândido Mendes, passando pela Avenida Antônio Coelho de Carvalho, voltando pela Rua general Rondon e Avenida Iracema Carvão Nunes. A saída e chegada da prova é na praça do Barão, no bairro Central. Após a corrida haverá apresentações culturais.

Mais programação

Acontecerá no decorrer da programação marchas, palestras, peça de teatro, roda de conversa e ciclo de debates nos municípios, que tem o objetivo de destacar as discussões e o fortalecimento das políticas públicas de amparo e prevenção das vítimas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s